Notícia

First slide

Entenda o que é logística reversa e de que forma os resíduos cinza são reaproveitados

Entenda o que é logística reversa e de que forma os resíduos cinza são reaproveitados

Logística reversa, também conhecida como logística inversa, é um conjunto de procedimentos e meios para recolher e encaminhar resíduos de materiais já utilizados para o processo produtivo, com o objetivo de reaproveitá-los ou descartá-los de maneira apropriada, garantindo, assim, a preservação do meio ambiente.

 

Este conceito ganhou força a partir da publicação da Política Nacional de Resíduos Sólidos, com a Lei nº 12.305/2010, que define o processo como um “instrumento de desenvolvimento econômico e social, caracterizado por um conjunto de ações, procedimentos e meios destinados a viabilizar a coleta e a restituição dos resíduos sólidos ao setor empresarial, para reaproveitamento em seu ciclo ou em outros ciclos produtivos, ou em outra destinação final ambientalmente adequada”.

 

A publicação estabeleceu a responsabilidade de fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes quanto à implantação de políticas que concluam o ciclo de vida de um produto. Este material pós-consumo tem um valor significativo na sustentabilidade, já que um volume que seria considerado lixo, poluindo o meio ambiente, especialmente em caso de materiais com tempo de decomposição muito longo, é transformado novamente em um produto de qualidade.

 

Na logística reversa, primeiro o consumidor devolve o produto ou embalagem ao distribuidor ou diretamente ao fabricante, que encaminha o resíduo para reuso, reciclagem ou descarte adequado. No caso do setor da construção, os resíduos das obras além de ocuparem muito espaço no canteiro e geram um alto custo com caçambas, e na sua destinação final geram alto impacto ambiental pois em sua grande maioria são depositados em aterros, onde o solo acaba sendo contaminado com eles.

 

A Industria da construção civil é um dos setores da economia onde os programas de logistica reversa não são compulsórios pela legislação e por consequência existem muito poucos tipos de materiais usados onde os fabricantes disponibilizam este sistema.

 

A PRESTO foi a pioneira no Brasil a oferecer este modelo de sistema aos seus clientes, com ele empresa auxilia seus clientes a retornarem seus os resíduos cinza de maneira adequada para a indústria onde serão triados, processados e reutilizados como matéria prima novamente dos produtos certificados da PRESTO. 

 

O processo, além de ambientalmente responsável (RECICLAR), a melhoria considerável da logistica de resíduos (OTIMIZAR), gera  também economias consideráveis às obras, variando entre 2% a 5% do total que o cliente investe nos produtos (ECONOMIZAR), que esta adquirindo da PRESTO.