Notícia

First slide

Blocos de concreto devem ser certificados

Blocos de concreto devem ser certificados

Essa qualidade pode ser comprovada por certificações e selos que garantem que o produto segue as normas técnicas e contribuem para a melhoria dos sistemas construtivos. No mercado de blocos de concreto, uma das instituições que atestam é a ABCP (Associação Brasileira de Cimento Portland), que possui o selo de qualidade ABCP para blocos de concreto, que auxilia na identificação dos blocos de concreto que seguem os padrões de qualidade e segurança. A entidade é referência nacional e internacional em pesquisas da construção e há 75 anos promove estudos sobre o cimento e suas aplicações.

 

Os produtores filiados ao Programa do Selo da Qualidade ABCP para Blocos de Concreto qualificam-se para atender às obras financiadas pelo governo (níveis federal, estadual e municipal), bem como a todo tipo de edificação cujo empreendedor exija o atendimento ao PBQP – H (Programa Brasileiro de Qualidade e Produtividade do Habitat), e ao Código de Defesa do Consumidor.

 

Como identificar a qualidade de um bloco de concreto? Através da análise de suas dimensões, que devem ser regulares, sua resistência, seu coeficiente de retação e sua absorção de umidade. Blocos de concreto certificados, são blocos de concreto de qualidade e esta reflete no sistema construtivo e qualidade das edificações onde são empregados.

 

Outra avaliação que garante que você está adquirindo um bloco de concreto de qualidade é a conformidade do INMETRO, esta ainda mais rigorosa, atesta com maior abrangência o atendimento pleno das características dos produtos e também de parte do sistema de qualidade do fabricante. A conformidade do INMETRO é conquistada através de organismos e institutos reconhecidos por ele e atuando em nome dele como o Instituto Falção Bauer da Qualidade (IFBQ) ou mesmo a Fundação Carlos Alberto Vanzolini (FCAV).

 

Além destas certificações é importante notar que fornecer um produto como bloco de concreto não é apenas uma operação que se resume na entrega de um produto de qualidade na sua obra, é também a aquisição de serviços e garantias que com ele andam junto, como por exemplo o serviço de entrega, o atendimento pré e pós venda, o controle tecnológico e rastreabilidade, o projeto do produto ou mesmo ainda as garantias de atendimento de vasta legislação aplicada a todo o processo.

 

Desta forma, deve ser considerada também que a empresa fornecedora deve ter um sistema de gestão da qualidade que assegura tudo isso e mais, de modo que em se falando em sistema de gestão a certificação refere-se ao atendimento dos requisitos da ISO 9000 (Internacional Standarts Organization ou Organização Internacional para Padronização).

 

Ainda sobre certificadoras, muitas tem convênios com organizações mundiais ligadas a qualidade, como a IQNet, estabelecida em 1990, que manteve-se a maior rede mundial de líderes organismos de certificação, com inúmeros parceiros abrangendo centenas de escritórios e subsidiárias em todo o mundo.

 

Assim com a ISO 9000, existem ainda normas da própria ISO ligadas ao sistema de gestão ambiental, como a ISO 14000 ou mesmo a Saúde e Segurança do Trabalho como a OSHAS 18000 ( OSHAS significa Occupational Health and Safety Assessment Series, cuja melhor tradução é Série de Avaliação de Segurança e Saúde Ocupacional), organização esta que se assemelha a ISO sediada na Suiça, porém de origem inglesa.

 

Produto e empresa fornecedora certificada é garantia para o cliente, não só do produto que está recebendo no ato da entrega, mas da confiabilidade do fornecedor.